quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

VEJA PORQUE AS PESSOAS NÃO DEVEM CONFIAR NA GRANDE IMPRENSA EM RELAÇÃO A POLÍTICA






(captar) no sistema nervoso do globo – as correntes telúricas - uma energia capaz, em certa medida, de condicionar o comportamento humano.

É exatamente o que, nos nossos dias, se passa com a televisão, que modela, conforme o arquétipo de cada nação, o comportamento psicológico dos telespectadores.

Eles estão agora forjando este sentimento de violência e anarquia quase todas as noites nos filmes da tv e diariamente nas manchetes dos jornais (é só ver as paginas policiais) Quando a opinião pública for dobrada, quando ficar subjugada por esta ideia, eles espalharam aos quatro ventos grupos armados, mas em verdade bodes expiatórios, massas de pancadaria.Eles planejaram todas estas situações maquiavélicas, face a todas essas manobras de subjugação da humanidade o horror acima descrito aparece e é cotidiano. Só é cego quem não quer ver. E o que se esconde atrás dessa CIA, aquela minoria nefasta, hipnotizadora, terrível, cruel e prepotente? Por outro lado, que os filmes de cinema e das TVs ultimamente só estejam incrementando a violência, é um fato inegável. É por isso também que a violência externa ou do mundo aumenta sem cessar. A escola viva dentro do próprio lar, a TV, o fundamenta. Não há um dia uma noite, uma tarde, que não passe um filme de mortes e assassinatos. Dos jornais e revistas e livros sensacionalistas sobre o crime e os maus tratos então nem se fala. 


E o que se esconde atrás dessa CIA, aquela minoria nefasta, hipnotizadora, terrível, cruel e prepotente? Por outro lado, que os filmes de cinema e das TVs ultimamente só estejam incrementando a violência, é um fato inegável. É por isso também que a violência externa ou do mundo aumenta sem cessar. A escola viva dentro do próprio lar, a TV, o fundamenta. Não há um dia uma noite, uma tarde, que não passe um filme de mortes e assassinatos. Dos jornais e revistas e livros sensacionalistas sobre o crime e os maus tratos então nem se fala.


2. O controle da imprensa

[...] Procederemos da seguinte forma com a imprensa:
Seu papel é o de excitar e inflamar as paixões entre o povo.

[...] e o público está muito longe de poder imaginar quem é o primeiro beneficiário da imprensa. [...]
Entre todos os jornais, haverá também quem nos atacará, mas como somos os fundadores desses jornais, seus ataques se dirigirão exclusivamente sobre os pontos que lhes teremos determinado com antecedência.

[...] Nenhuma informação será publicada sem antes ter recebido nossa aprovação. O que desde agora acontece, pois todas as notícias do mundo são reagrupadas somente em algumas agências.

Essas agências, estando sob nosso controle, só publicam o que aprovamos. [...]

[...] Nossos jornais serão de todas as tendências, aristocráticos, socialistas, republicanos, às vezes mesmo anarquistas, enquanto existir a constituição. [...]

[...] Esses idiotas que acreditarem que o texto de um jornal reflete sua própria Opinião
nada fazem, na realidade, a não ser repetir nossa opinião ou aquela que desejamos ver exprimida. [...]

O Tavistock Institute é o núcleo duro da conduta de guerra psicológica da Inglaterra. Como já mencionei, os métodos de Tavistock foram empregados na Inglaterra e também nos Estados Unidos para manipular as massas, servindo-se não somente da imprensa, mas também do rádio e do cinema. Podemos, no presente, qualificar esses métodos utilizados durante décadas de lavagem cerebral.

O CRF é em parte responsável pela criação da ONU, que lhe serve de ferramenta para alcançar a Nova Ordem Mundial, quer dizer, um governo mundial único.

Segundo os dados do Spotlight e de outras fontes já mencionadas no decorrer deste livro, o CFR detém atualmente o controle total do governo dos Estados Unidos, em colaboração com a “Comissão Trilateral”. Assim também, os postos de dirigentes dos serviços de informação são todos ocupados por membros do CFR. Trata-se, entre outros, da Reuters, Associated Press, United Press, Wall Street Journal, Boston Globe, New York Times, Washington Post, ABC, NBC, CBS e RCA. A maior parte dos jornais internacionais utiliza as mesmas fontes.

Toda a informação que vai contra as diretrizes da “Federação Americana de História”, portanto, contra a Skull & Bones, é banida do programa de ensino. Na Alemanha e em todos os outros países do mundo acontece a mesma coisa.

Na Rússia e na ex-RDA, ensinou-se seguindo as diretrizes comunistas, ditas “Iluminadas”, e nos países árabes ou judeus, seguindo os interesses destas nações. O mais importante para ele era educar o ser humano a não pensar, a não servir-se de seu discernimento e a não agir de uma maneira autônoma.

A televisão, por exemplo, põe claramente em evidência como as mensagens negativas, tais como as informações, os filmes de terror e de violência, influenciam o comportamento do telespectador. A televisão é, no entanto, principalmente utilizada para sugerir OPINIÕES.

É exatamente o que, nos nossos dias, se passa com a televisão, que modela, conforme o arquétipo de cada nação, o comportamento psicológico dos telespectadores.


Até as missões são subvencionadas pelo dinheiro proveniente da escravização dos brancos(operários) e por vezes com fundos secretos dos governos.

Porquê, Para servirem de pedestal a um sistema que dura há mais de dois mil anos.


FONTE: Titulo original: LE LIVRE MYSTEIREUX INCONNU, Robert Lafount, 1969
LIVRARIA BERTRAND, S.A.R.L.- Lisboa


Trecho da Revista Superinteressante Editora Abril2. O controle da imprensa

Rodrigo Veronezi Garcia é Blogueiro e estuda sobre Mitologia, Religião, História, Arqueologia, Ciências Ocultas, Sociedades Secretas, Segredos Militares, Geo Politica, Parapsicologia, Ufologia.
Rodrigo Veronezi Garcia Rodrigo Veronezi Garcia

Nenhum comentário:

Postar um comentário