segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

OS EGÍPCIOS INVENTARAM O CARNAVAL




A DEUSA ÍSIS 



O TOURO ÁPIS  

Homens totalmente embriagados sendo carregados para fora de uma festa. 



Os Egípcios inventaram o Carnaval que passou pela Grécia, por Roma, foi adaptado pela Igreja e foi trazido para o Brasil pelos portugueses no século XVII. 

“Festa da Bebedeira” tinha uma proposta integralmente religiosa. Ela rememorava o mito de Hathor-Tefnut ou Hathor-Sekhmet, filha do deus Rá, deus Sol criador, que a pedido do pai foi ao Egito dar uma lição na humanidade (JUNKER 1911 apud POO, 2010): Rá estava extremamente descontente com as ações torpes dos humanos e solicitou que a sua filha resolvesse a situação. Porém, ela usou da violência e realizou um verdadeiro massacre. Este não era o objetivo de Rá, que para apaziguar a sua filha verteu vinho no Nilo para confundi-la — ela pensaria que ali seria sangue humano ou o tom avermelhado da água após as inundações —. O plano deu certo, ao saciar sua sede no grande Rio a deusa ficou extremamente embriagada, deixando os humanos em paz (POO, 2010).

Apesar dos nomes Hathor-Tefnut ou Hathor-Sekhmet serem utilizados para definir a tal deusa, convencionou-se a chamá-la de Hathor ou Sekhmet. Apesar destas duas terem propriedades bem diferentes, elas foram sincretizadas em vários momentos (POO, 2010).

A Festa da Bebedeira era comemorada logo após o início do ano egípcio — que na antiguidade ocorria no segundo semestre do nosso calendário — porque, de acordo com o mito, a chegada de Hathor-Sekhmet ao Egito correspondia com a Estação Aket, ou seja, a subida das águas do Nilo, como um texto religioso afirma:

“É o pai de [Hathor], Rá, quem criou isto para ela quando ela voltou da Núbia, de modo que inundações são dadas para o Egito” (POO, 2010).

Esta comemoração era realizada no dia seguinte ao fim do Festival Wag, que por sua vez era celebrado no início das enchentes em Thot (primeiro mês da Estação Aket) (SCHOTT 1950 apud POO, 2010) e que objetivava a celebração da ressurreição da vida trazida pela inundação.

A embriaguez estava aberta para todos e a bebida era distribuída pelo Estado. Em um dia comum a intoxicação por álcool não era vista como algo tão desprezível (embora existam alguns textos moralistas acerca), mas neste evento em questão era totalmente aceitável. Logo as ruas e templos abertos ficavam cheios de pessoas embriagadas não só em homenagem à deusa, mas em agradecimento a chegada das cheias do Nilo (POO, 2010).

Em soma, muitos líquidos eram sagrados durante o faraônico, dentre eles o vinho e a cerveja, por isso que durante este festival também ocorriam as libações (POO, 2010). Sabemos que durante a oferta da cerveja o seguinte trecho de uma música poderia ser cantado:



O Carnaval vem do inconsciente de todos os povos deste planeta desde os rituais da fertilidade e as festas pagãs nas colheitas. Remonta às celebrações à deusa Ísis e o touro Ápis, no Egito, e à deusa Herta, dos teutônicos, passando pelos rituais dionísiacos gregos e pelos licenciosos Bacanais, Saturnais e Lupercais, as suntuosas orgias romanas.

Entre os Sumérios havia a organização de festas anuais de verão, conhecidas como Sacéias. No seu conjunto, tal festividade era orientada pela inversão completa das hierarquias sociais. Ao longo de um período de cinco dias, os servos poderiam incorporar os gestos e comportamentos de seus superiores.

Durante a Sacéia envolvia a escolha de algum prisioneiro para ocupar o lugar da autoridade real. Nesse curto período, o reles detento poderia vestir as roupas do rei, comer em sua mesa e até desposar as mulheres do mesmo. Após a experiência de regalo e alegria, o pobre coitado era submetido à chicotadas e depois morto por algum cruel ritual de execução. Tragicamente, a inversão da realidade chegava ao seu fim.

Os Sumérios Babilônicos tinham o costume de assinalar os limites da autoridade monárquica por meio de um curioso procedimento religioso. Durante os primeiros dias de cada novo ano, um sacerdote retirava do rei todos os emblemas que indicavam seu poder e o expunha a várias agressões físicas. Logo em seguida, o rei era levado aos pés do deus Marduk para declarar que não havia abusado do poder. Finalmente, era novamente consagrado e a ordem normal das coisas era restabelecida.


Os assírios também realizavam outra celebração bem próxima de algumas ações comumente observadas no carnaval de rua contemporâneo. No mês de março, os integrantes dessa poderosa civilização organizavam uma festa em tributo à deusa Ísis, divindade de origem egípcia responsável pela proteção dos navegantes. Os seus participantes costumavam utilizar máscaras durante uma procissão em que um carro transportava uma embarcação a ser oferecida para a deusa.



Na Roma Antiga  comemoravam-se as Saturnais de 16 a 18 de dezembro, para a glória do deus Saturno. Tribunais e escolas fechavam as portas, escravos eram alforriados, dançava-se pelas ruas em grande e igualitária algazarra. A abertura era um cortejo de carros imitando navios, com homens e mulheres nus dançando frenética e obscenamente — os carrum navalis. Para muitos, deriva daí a expressão carnevale.


Comemoravam-se as Lupercais, dedicados à fecundidade. Os lupercos, sacerdotes de Pã, saíam pelados, banhados em sangue de cabra, e perseguiam os transeuntes, batendo-lhes com uma correia. Em março, os Bacanais homenageavam Baco (o deus grego Dionísio em versão romana), celebrando a primavera inspirados por Como e Momo, entre outros deuses.

Na Rússia, a Maslenitsa dá adeus ao inverno, com corridas de esqui, patinação, danças com acordeão, balalaika, blinky masleye (panquecas amantegadas) e, é claro, muita vodka. No carnaval de Colônia, na Alemanha, as mulheres armam-se com tesouras e saem pelas ruas para cortar as gravatas dos homens.


Em Veneza, a tradição consagrou os fogos de artifício e foliões mascarados, inspirados na velha Commedia dell’ Arte. Na Bolívia, os mineiros de Oruro veneram a mãe-terra, Pachamama, dançando fantasiados de demônios. Em New Orleans, nos Estados Unidos, uma torrente humana invade as ruas do French Quarter, na terça-feira do Mardi Gras, atrás de músicos que tocam toda a noite.

A palavra vem de “fervura” e lembra os movimentos acelerados dos foliões. É uma dança de rua e de salão, criada em Recife, nos fins do século XIX. A música, tocada principalmente por metais, é essencialmente rítmica, com compasso binário (de dois “tempos”) e andamento rápido. Os dançarinos executam coreografias individuais, improvisadas e frenéticas, que exigem animação de sobra e preparo físico mais de sobra ainda.


Os afoxés são sociedades carnavalescas fundadas por negros, na Bahia, inspiradas nas tradições africanas. O primeiro afoxé nasceu em 1885: era o Embaixada Africana, que desfilou com roupas e adornos importados na África. O segundo, Pândegos da África, surgiu no ano seguinte. Hoje, os principais afoxés da Bahia são Filhos de Gandhi, Ilê Aiyê e Olodum.

Eletricidade musical

Os trios elétricos são palcos motorizados. Montados na carroceria de caminhões e equipados com potentes alto-falantes de até 100 000 watts, desfilam pelas ruas, levando grupos musicais e seguidos pela população. O precursor foi o Trio Elétrico de Dodô e Osmar, na Bahia. Hoje, essa folia eletrificada marca presença em quase todas as ruas do país.

Com História do Brasil, Lamartine Babo (1904 – 1963) fez mais do que o grande hit de 1934: deu uma definição clássica da festa e do país. À altura desta, só a de Assis Valente (1911 -1958), em Alegria : “Minha gente era triste, amargurada / Inventou a batucada / Prá deixar de padecer / Salve o prazer / Salve o prazer”.


Abaixo do Equador, onde não existe pecado, a fusão da tradição européia com a batucada africana libertou o Carnaval na plenitude. Em nenhum lugar, ele adquiriu a dimensão que alcançou no Brasil. Durante quatro dias, o país fica fechado para balanço. Ou melhor: fica aberto para só balançar. E se entrega ao espetáculo que seduz e deslumbra os estrangeiros.


BIBLIOGRAFIA 
O País do Carnaval, de Jorge Amado (Companhia das Letras, 1931). 

O Livro de Ouro do Carnaval Brasileiro, de Felipe Ferreira (Ediouro, 2005). 

Carnavais, Malandros e Heróis (Rio, Ed. Zahar, 1979)

Orfeu da Conceição, de Vinícius de Moraes (Companhia de Bolso, 2013). 

O Jovem Noel Rosa, de Guca Domenico (Nova Alexandria, 2003). 

POO, Mu-chou. “Liquids in Temple Ritual”. In: DIELEMAN, Jacco; WENDRICH, Willeke; FROOD, Elizabeth; BAINES, John. UCLA Encyclopedia of Egyptology. Los Angeles: UC Los Angeles, 2010.


TALLET, Pierre. A culinária no Antigo Egito (Tradução de Francisco Manhães, Maria Júlia Braga, Joana Bergman). Barcelona: Folio, 2006.

Carnaval no Fogo, de Ruy Castro (Companhia das Letras, 2000). 

Antes do Baile Verde, de Lygia Fagundes Telles (Companhia das Letras, 2009).

1. “Nem vem que não tem – A vida e o veneno de Wilson Silmonal” Ricardo Alexandre
2. “Antes do furacão - O Mardi Gras de um folião brasileiro em Nova Orleans” Fred Góes
3. “Paulo Barros Sem Segredo – Estratégia Inovação e Criatividade” Artur da Távola
4. “Carnaval – J. Carlos” – Luciano Trigo e Cássio Lordeano
5. “Adoniran – Dá licença de contar...” Ayrton Mugnaini Jr.

Carnaval, de João Gabriel de Lima (Objetiva, 2006). 


6. “Carnaval brasileiro – O vivido e o mito” Maria Isaura Pereira de Queiroz
7. “Troféus da Mangueira” Aydano André
8. “Meu Carnaval Brasil” Felipe Ferreira; Sérgio Cabral; Ricardo Cravo Albin
9. “Na Passarela do Samba - O esplendor das escolas em 30 anos de desfiles de carnaval no Sambódromo" André Diniz
10. “Um Carnaval Encantado" João Pedro Soares Martins
11. “Marcadas para Viver - Cadernos de Samba" – João Pimentel
12. “Portela – 90 Anos de História”  Salete Lisboa e Marcelo Loureiro
13. “Nasci para sonhar e cantar – Dona Ivone Lara: a mulher do samba”  Mila Burns
14. “A dança nobre do Carnaval” Renata de Sá Gonçalves



Carnavais, Malandros e Heróis (Rio, Ed. Zahar, 1979)

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

O STF TEM QUE ANULAR O IMPEACHMENT PORQUE ESTE PROCESSO É A MAIOR FRAUDE DA HISTÓRIA DO BRASIL














O então Presidente da Câmara dos Deputados que esta preso condenado a 15 de prisão aceitou de forma ilegal proposital e por vingança um parecer falso escrito por uma advogada que provavelmente sofre de algum transtorno bipolar... ou até mesmo de Surto Psicótico... porque a nossa Presidente foi eleita democraticamente com mais de 54 milhões de votos e não pode ser destituída sem nenhuma prova, e sem nenhum crime de responsabilidade o que aconteceu foi a maior fraude da história do brasil um Golpe de Estado não pode ser aceito pelo STF que vai ter que julgar isto o mais rápido possível porque é de interesse de todos nos brasileiros.


 Eu li algumas semanas atrás na página do The Intercept no Facebook que o Golpista Moreira Franco disse que tem 30 Bilhões na carteira e na minha opinião é mentira porquê ele deve ter muito mais que 30 bilhões em sua carteira e todos sabem que as Concessões e Privatizações estão nas mãos dele e a Petrobras, Eletrobras, Estradas, Aeroportos etc... valem trilhões e como podemos lutar contra todo este poder que os golpistas tem nas suas mãos? as vezes parece que o nosso esforço é inútil em compartilhar nossas ideias nas redes sociais! será que devíamos nos alienar e nos distrair com outra coisa ao invés de ficarmos protestando em nossos sites e blogs? como podemos enfrentar estes golpistas com todo este dinheiro que eles tem em suas mãos? eles subornaram os donos da mídia dando um aumento de 900% em verbas publicitárias e nenhum jornalista vai arriscar seu emprego e o sustento de sua família se arriscando ao criticar estes safados porquê muitos já foram demitidos por isto, os mesmos golpistas deram um aumento de 78% para o judiciário que deve ter criado algum tipo de amor por eles depois disto... eu não vou conseguir me enganar me iludir enquanto eles planejam destruir a nossa educação e a nossa saúde congelando gastos por 20 anos... e as nossas aposentadorias nos vamos estar todos mortos antes de nos aposentarmos porque quase ninguém vai estar vivo depois de 50 anos trabalhando se for aprovada a reforma da previdência... e daqui a 20 anos nenhum destes golpistas vão estar vivos para serem cobrados pela desgraça que eles causaram ao nosso povo e ao nosso país... eu também estava lendo outra denúncia do Facebook onde comentavam que o voto dos Deputados pelo sim ao Impeachment foi comprado por um milhão de reais para cada deputado e 5 milhões para cada líder de partido... eu não sei se estes valores estão corretos acho que pagaram mais do que isto além de oferecerem cargos de confiança e diretorias de Bancos e Estatais em troca dos seus votos favoráveis ao golpe e então o Impeachment custou menos de um bilhão de reais... e agora eles tem trilhões de reais e suas mãos que grande negocio eles fizeram e que desgraça para nos brasileiros...


Me desculpem pelo meu desabafo mas falo o que penso


VOU REPETIR 200 MILHÕES DE VEZES DE FOR NECESSÁRIO 

A verdade é filha do tempo, e não da autoridade.


Galileu Galilei


É PRECISO LEMBRAR QUE:

A vice-procuradora da República Ela Wiecko que renunciou na noite desta terça-feira (30), após dizer, em entrevista à Veja, que o interino Michel Temer (PMDB) está sendo delatado na Lava Jato e, por isso, ela não vê com bons olhos que o peemedebista assuma a cadeira conquistada por Dilma Rousseff na eleição de 2014.

Vou lembrar também estes fatos:


 O Procurador da República Rodrigo Janot havia algumas semanas atrás feito um pedido de prisão dos políticos Eduardo Cunha Romero Jucá , Renam Calheiros e José Sarney o pedido já esta no STF, onde foi analisado por Teori Zavascki que negou o pedido do PGR levando estes senhores a consumarem o Golpe de Estado Parlamentar e lembrando também que para procurador, os peemedebistas tentaram obstruir as investigações da Lava Jato.



Eu não sou advogado sou um simples blogueiro e apenas posto aqui minha opinião que esta formada sobre aquilo que eu observo e sobre a minha intuição que sempre me diz a verdade verdadeira.


   Rodrigo Janot afirmou que não é possível atribuir a evolução do Impeachment no Congresso a atuação de Eduardo Cunha.

Eu acho sim que é possível e provável e deve ser investigado porque segundo a nossa Presidente ela sofreu chantagem política de Eduardo Cunha para que ela intercede-se junto ao seu partido para os deputados do PT não votassem pela cassação de Eduardo Cunha o que ela não fez porque não é ético e moral e ela acertou nesta decisão e por ter tomado esta decisão que o próprio Eduardo Cunha por vingança aceitou um parecer sem nenhuma base jurídica.



Em seu parecer o PGR lembra que a tramitação recebeu o aval da maioria do Legislativo.

Recebeu porque o legislativo em nenhum momento observou o aspecto legal e jurídico e votaram em nome de suas famílias e de Deus como o mundo todo assistiu.



Improvável falar em direito liquido e certo a nulificação de atos que sucederam-se dentro dos parâmetros da legalidade.

parâmetros da legalidade? se fosse assim o Eduardo Cunha já teria sido cassado e preso.



Os indícios para a nulificação dos atos perpetrado na presidência do Deputado Eduardo Cunha, porém são basicamente reportagens jornalísticas correntes, incapazes de demonstrar como o antagonismo político e o interesse da autoridade coatora foram determinantes para a obtenção do sim da Câmara.

As basicamente reportagens jornalísticas que o senhor fala o influenciam sim e aos Ministros do STF também e já influenciaram vocês em muitas outras decisões e porque agora é diferente?

A obtenção do sim na câmara pode ocorrer de muitas formas como o oferecimento de cargos políticos e nomeações e possivelmente de dinheiro e isto é de domínio público.       


Vou lembrar de novo aqui que a vice-procuradora da República Ela Wiecko que renunciou na noite desta terça-feira (30), após dizer, em entrevista à Veja, que o interino Michel Temer (PMDB) está sendo delatado na Lava Jato e, por isso, ela não vê com bons olhos que o peemedebista assuma a cadeira conquistada por Dilma Rousseff na eleição de 2014.

Vou lembrar de novo também estes fatos:

 O Procurador da República Rodrigo Janot havia algumas semanas atrás feito um pedido de prisão dos políticos Eduardo Cunha Romero Jucá , Renam Calheiros e José Sarney o pedido já esta no STF, onde foi analisado por Teori Zavascki que negou o pedido do PGR levando estes senhores a consumarem o Golpe de Estado Parlamentar e lembrando também que para procurador, os peemedebistas tentaram obstruir as investigações da Lava Jato.



A Imprensa, o Congresso e alguns Ministros do Supremo Tribunal Federal juntaram todas as forças que atuaram para derrubar Dilma, segundo Romero Jucá em áudio vazado pela Folha de S. Paulo hoje, Dilma não está sofrendo o processo do impeachment porque não cometeu crime de responsabilidade e o que esta acontecendo na realidade é uma eleição parlamentar ilegal porque o nosso regime é presidencialista e sendo todo processo ilegal o que acontece de fato é um Golpe de Estado porque as Organizações Criminosas e os políticos corruptos de fato querem e se livrar da Lava Jato.


Eu vou ser sincero tenho mais de 30 milhões de acessos neste blog e são pessoas de mais de 150 países que estão lendo as minhas postagens estou com vergonha do que esta acontecendo no meu país e esta provado para toda imprensa internacional que houve um golpe de estado no Brasil e o STF tem que obedecer a nossa Constituição e anular este processo ilegal que foi aprovado por um Deputado que esta preso na Policia Federal isto é uma vergonha... leiam agora o diálogo dos políticos planejando o golpe que foi interceptado e gravado.


        O Senador Romero Jucá articulou politicamente o Golpe de Estado no Brasil e afirmou neste dialogo com um empresário investigado pela Operação Lava Jato que mantinha contatos com Ministros do STF e também com Comandantes Militares e isto é uma vergonha e um absurdo... quem são estes Ministros?  Quem são estes comandantes militares? graças a Deus eles disseram também neste dialogo que o Ministro Teori é muito fechado (honesto)


Veja a transcrição do áudio:

Sérgio Machado - Acontece o seguinte, objetivamente falando, com o negócio que o Supremo fez [autorizou prisões logo após decisão de segunda instância], vai todo mundo delatar.

Romero Jucá - Exatamente, e vai sobrar muito. O Marcelo, e a Odebrecht, vão fazer.


Machado - Odebrecht vai fazer.

Jucá - Seletiva, mas vai fazer.

Machado - A Camargo vai fazer ou não. Eu estou muito preocupado porque eu acho que... O Janot está a fim de pegar vocês. E acha que eu sou o caminho.
Jucá - [inaudível]

Machado - Hum?

Jucá - Mas como é que está sua situação?

Machado - Minha situação não tem nada, não pegou nada, mas ele quer jogar tudo pro Moro. Como não tem nada e como eu estou desligado...
Jucá - É, não tem conexão né...

Machado - Não tem conexão, aí joga pro Moro. Aí fodeu. Aí fodeu para todo mundo. Como montar uma estrutura para evitar que eu "desça"? Se eu descer...
Jucá - O que que você acha? Como é que voc...

Machado - Eu queria discutir com vocês. Eu cheguei a essa conclusão essa semana. Ele acha que eu sou o caixa de vocês, o Janot. Janot não vale "cibazol" [algo sem valor]. Quem esperar que ele vai ser amigo, não vai... [...] E ele está visando o Renan e vocês. E acha que eu sou o canal. Não encontrou nada, não tem nada.

Jucá - Nem vai encontrar, né, Sérgio.

Machado - Não encontrou nada, não tem nada, mas acha... O que é que faz? Como tem aquela delação do Paulo Roberto dos 500 mil e tem a delação do Ricardo, que é uma coisa solta, ele quer pegar essas duas coisas. 'Não tem nada contra os senadores, joga ele para baixo' [Curitiba]. Tem que encontrar uma maneira...

Jucá - Você tem que ver com seu advogado como é que a gente pode ajudar. [...] Tem que ser política, advogado não encontra [inaudível]. Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra... Tem que mudar o governo pra poder estancar essa sangria.

Machado - Tem que ser uma coisa política e rápida. Eu acho que ele está querendo... o PMDB. Prende, e bota lá embaixo. Imaginou?

Jucá - Você conversou com o Renan?

Machado - Não, quis primeiro conversar contigo porque tu é o mais sensato de todos.

Jucá - Eu acho que a gente precisa articular uma ação política.

Machado -...quis conversar primeiro contigo, que tenho maior intimidade. Depois eu quero conversar com Sarney e o Renan, com vocês três. [...] Eu estou convencido, com essa sinalização que conseguiu do Eduardo [incompreensível]. Desvincula do Renan.

Jucá - Mas esse negócio do Eduardo está atacando [incompreensível].

Machado - Mas ele [Janot] está querendo pegar vocês, tenho certeza absoluta.

Jucá - Não tem duas dúvidas.

Machado - Não, tenho certeza absoluta. E ele não vale um 'cibazol'. É um cara raivoso, rancoroso e etc. Então como é que ele age? Como não encontrou nada nem vai encontrar. [inaudível]

Jucá - O Moro virou uma 'Torre de Londres'.

Machado - Torre de Londres.

Jucá - Mandava o coitado pra lá para o cara confessar.

Machado - Pro cara confessar. Então a gente tem que agir como [incompreensível] e pensar numa fórmula para encontrar uma solução para isso.

Jucá - Converse com ele [Renan], converse com o Sarney, ouça eles, e vamos sentar pra gente...

Machado - Isso, Romero, o que eu acho primeiro: que é bom pra gente.
[...]

Segundo trecho

Jucá - Eu acho que você deveria procurar o Sarney, devia procurar o Renan,e a gente voltar a conversar depois. [incompreensível] 'como é que é'.

Machado - É porque... Se descer, Romero, não dá.
Jucá - Não é um desastre porque não tem nada a ver. Mas é um desgaste, porque você, pô, vai ficar exposto de uma forma sem necessidade. [...]

Machado - O Marcelo, o dono do Brasil, está preso há um ano. Sacanagem com

Marcelo, rapaz, nunca vi coisa igual. Sacanagem com aquele André Esteves, nunca vi coisa igual.

Jucá - Rapaz... [concordando]

Machado - Outra coisa. A frouxidão de vocês em prender o Delcídio foi um negócio inacreditável. [O Senado concordou com prisão decretada pelo STF]

Jucá - Sim, pô, não adianta soltar o Delcidio, aí o PT dá uma manobra, tira o cara, diz que o cara é culpado, como é que você segura uma porra dentro do plenário?

Machado - Mas o cara não foi preso em flagrante, tem que respeitar a lei. Respeito à lei, a lei diz clara...

Jucá - Pô, pois então. Ali não teve jeito não. A hora que o PT veio, entendeu, puxou o tapete dele, o Rui, a imprensa toda, os caras não seguraram, não.

Machado - Eu sei disso, foi uma cagada.
Jucá - Foi uma cagada geral.

Machado - Foi uma cagada geral. Foi uma cagada o Supremo fazer o que fez com o negócio de prender em segunda instância, isso é absurdo total que não que não dá interpretar, e ninguém fez nada. Ninguém fez ADIN, ninguém se questionou. Isso aí é para precipitar as delações. Romero, esquentou as delações, não escapa pedra...

Jucá - [incompreensível] no Brasil.

Machado - Não escapa pedra sobre pedra.[incompreensível]

Machado - Eu estou com todos os certificados do TCU, agora me deram, não devo nada, zero. E isso adianta alguma coisa? Então estou preocupado.

Jucá - Não, tem que cuidar mesmo.

Machado - Eu estou preocupado porque estou vendo que esse negócio da filha do Eduardo, da mulher, foi uma advertência para mim. E das histórias que estou sabendo, o interesse é pegar vocês. Nós. E o Renan, sobretudo.

Jucá - Não, o alvo na fila é o Renan. Depois do Eduardo Cunha... É o Eduardo Cunha, a Dilma, e depois é o Renan.

Machado - E ele [Janot] não tem nada. Se ele tivesse alguma coisa, ele ia me manter aqui em cima, para poder me forçar aqui em cima, porque ele não vai dar esse troféu pro Moro. Como ele não tem nada, ele quer ver se o Moro arranca...

Jucá -...para subir de novo.

Machado -...para poder subir de novo. É esse o esquema. Agora, como fazer?
Porque arranjar uma imunidade não tem como, não tem como. A gente tem que ter a saída porque é um perigo. E essa porra... A solução institucional demora ainda algum tempo, não acha?

Jucá - Tem que demorar três ou quatro meses no máximo. O país não aguenta mais do que isso, não.

Machado - Rapaz, a solução mais fácil era botar o Michel.

Jucá - [concordando] Só o Renan que está contra essa porra. 'Porque não gosta do Michel, porque o Michel é Eduardo Cunha'. Gente, esquece o Eduardo Cunha, o Eduardo Cunha está morto, porra.

Machado - É um acordo, botar o Michel, num grande acordo nacional.

Jucá - Com o Supremo, com tudo.

Machado - Com tudo, aí parava tudo.

Jucá - É. Delimitava onde está, pronto.

Machado - Parava tudo. Ou faz isso... Você viu a pesquisa de ontem que deu o Moro com 18% para a Presidência da República?

Jucá - Não vi, não. O Moro?

Machado - É aquilo que você diz, o Aécio não ganha porra nenhuma...

Jucá - Não, esquece. Nenhum político desse tradicional não ganha eleição, não.

Machado - O Aécio, rapaz... O Aécio não tem condição, a gente sabe disso, porra. Quem que não sabe? Quem não conhece o esquema do Aécio? Eu, que participei de campanha do PSDB...

Jucá - É, a gente viveu tudo



Era o plano do Romero Jucá e do Sarney e de todos delatados do PMDB na Lava Jato eles não tinham acesso e influencia sobre Teori Zavaski então derrubaram o avião dele porque sabiam que com sua morte o Temer indicaria um novo Ministro para o STF para substituir Teori e revisar a Lava Jato e encontrar erros e arquivar tudo por falta de provas. 
Se alguém honesto é importante do Judiciário do Ministério Público ou do PGR após a nomeação não vetar o nome de Moraes  o plano de Jucá vai dar certo.



TODAS AS PROVAS DO GOLPE DE ESTADO ESTADO NESTE DIÁLOGO 

ATENÇÃO STF O POVO BRASILEIRO NÃO MERECE ISTO É UM VERGONHA E A MÍDIA INTERNACIONAL ESTA FAZENDO PIADAS COM A SITUAÇÃO DO BRASIL 

Trecho da Entrevista:"O que foi divulgado é que todos os recursos da presidenta foram esgotados. Esses Mandados de Segurança têm a ver com o indeferimento dado pelo ministro Teori Zavascki, em outubro?

Na verdade, nenhum recurso da presidenta foi esgotado, porque nenhum deles foi julgado. O que foi julgado pelo Teori foram liminares nesses Mandados de Segurança. Mas era de se esperar que as liminares fossem indeferidas. Imagine um único ministro parar todo o processo de impeachment sozinho, sem ouvir seus pares, sem ouvir seu colegas ministros do Supremo e sem colher o parecer do procurador-geral da República? Então esses Mandados de Segurança têm relação com o indeferimento do Teori, mas ele indeferiu a liminar em Mandado de Segurança. O mérito ainda será julgado, e é no mérito que a gente tem bastante convicção.

Então depende da PGR pro mérito ser julgado no STF?

Depende da Procuradoria-Geral da República como qualquer processo. Primeiramente, o parecer tem que ser dado pelo Janot. Inclusive eu acho que a campanha agora deve ser ‘Devolve, Janot’, porque com a devolução do procurador-geral da República, um novo relator, entre os nove ministros do STF, será sorteado. E por que eu digo os ‘nove ministros’? Porque o STF é composto por onze, só que um faleceu e a outra é a presidente Cármen Lúcia, que não poderá relatar o Mandado de Segurança. Esses Mandados de Segurança não poderão ser julgados como ocorre na Lava Jato, onde os julgamentos são feitos pela segunda turma, eles serão julgados pelo plenário, por toda a Corte.

Janot tem prazo para devolver os Mandados de Segurança?

Em princípio, prazo ele não tem, mas ele tem a obrigação de ser razoável, ele não pode “sentar em cima”. Claro que do dia 21 de dezembro até o dia 31 de janeiro, os tribunais superiores – o Supremo, o STJ, assim como a PGR – ficaram parados, mas agora, como está com Janot desde o início de novembro, ele já teria tempo suficiente para devolver, então ele tem que devolver imediatamente. Não se trata de um prazo fixado, mas se trata de ser razoável. Janot, em outros processos da Lava Jato, às vezes, dava pareceres em 48-72h, e por que agora está demorando tanto assim? Então ele tem que “correr” e devolver os Mandados imediatamente.

Quais são as chances de sucesso?


As nossas chances ter os dois Mandados de Segurança concedidos é de razoáveis para boas, ou seja, existe, realmente, a possibilidade. Nós podemos vencer. O que vai nos ajudar é a pressão popular, sobretudo em Brasília, na porta do Supremo, próxima aos ministros. Nós precisamos constranger os ministros. Repito: é necessário que nós consigamos constranger os ministros a fazerem justiça, porque aquilo que hoje pode parecer, para alguns, algo normal, algo que não é golpe, certamente a História vai condenar. O ano de 2016 foi marcado por um Golpe de Estado."

QUEM VAI JULGAR O GOLPE DE ESTADO NO BRASIL? O STF OU O STFM (SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL MAÇÔNICO)








Para quem não sabe eu vou explicar aqui como funcionam realmente as coisas aqui no Brasil e no resto do mundo porque é no Supremo Tribunal Federal Maçônico (STFM) – onde as instituições maçônicas reproduzem em quase tudo a sociedade civil – e segundo consta todas as Lojas Maçônicas da América do Sul devem obediência as Lojas da América do Norte ou melhor a Washington que não esta contente ou satisfeito com o Governo de Dilma Rousseff e determinou que a situação do Brasil devia deteriorar-se em outras palavras com uma crise econômica ou guerra econômica como queiram interpretar... e agora eu me pergunto e pergunto a vocês leitores quem vai julgar o impeachment o STF ou o STFM que vai obedecer a Washington e afastar uma Presidente que foi eleita pela maioria do povo brasileiro e que não cometeu nenhum crime segundo os próprios argumentos do Deputados e Senadores que declararam seus votos em homenagem ao bem estar de suas famílias e, em nenhum momento citando algum crime cometido pela nossa Presidente... todos os Juizes do STF são maçons e se for como em 1964 eles vão obedecer a Washington e vão destituir a nossa Presidente colocando no Poder o mordomo de José Sarney como Presidente e a raposa chamada Eduardo Cunha já esta na prisão e era só um peão nas mãos destes empresários e isto na minha opinião e na opinião de milhões de brasileiros é inadmissível... o excelentíssimo traidor da República Michel Temer é um inútil e vai ser governado pela FIESP que esta patrocinando este Golpe disfarçado de Impeachment... eu não estou acreditando no que esta acontecendo no meu país e vou citar aqui alguns trechos de alguns livros para vocês  entenderem melhor a minha forma de pensamento.






O Próprio Presidente da República Contesta o parecer do PGR  



EU NÃO CONCORDO COM O PARECER DO PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA RODRIGO JANOT SOBRE O PEDIDO DE ANULAÇÃO DO IMPEACHMENT









A verdade é filha do tempo, e não da autoridade. 


Galileu Galilei 


É PRECISO LEMBRAR QUE: 

A vice-procuradora da República Ela Wiecko que renunciou na noite desta terça-feira (30), após dizer, em entrevista à Veja, que o interino Michel Temer (PMDB) está sendo delatado na Lava Jato e, por isso, ela não vê com bons olhos que o peemedebista assuma a cadeira conquistada por Dilma Rousseff na eleição de 2014. 

Vou lembrar também estes fatos: 


 O Procurador da República Rodrigo Janot havia algumas semanas atrás feito um pedido de prisão dos políticos Eduardo Cunha Romero Jucá , Renam Calheiros e José Sarney o pedido já esta no STF, onde foi analisado por Teori Zavascki que negou o pedido do PGR levando estes senhores a consumarem o Golpe de Estado Parlamentar e lembrando também que para procurador, os peemedebistas tentaram obstruir as investigações da Lava Jato.



Eu não sou advogado sou um simples blogueiro e apenas posto aqui minha opinião que esta formada sobre aquilo que eu observo e sobre a minha intuição que sempre me diz a verdade verdadeira.

   Rodrigo Janot afirmou que não é possível atribuir a evolução do Impeachment no Congresso a atuação de Eduardo Cunha.

Eu acho sim que é possível e provável e deve ser investigado porque segundo a nossa Presidente ela sofreu chantagem política de Eduardo Cunha para que ela intercede-se junto ao seu partido para os deputados do PT não votassem pela cassação de Eduardo Cunha o que ela não fez porque não é ético e moral e ela acertou nesta decisão e por ter tomado esta decisão que o próprio Eduardo Cunha por vingança aceitou um parecer sem nenhuma base jurídica.




Em seu parecer o PGR lembra que a tramitação recebeu o aval da maioria do Legislativo. 

Recebeu porque o legislativo em nenhum momento observou o aspecto legal e jurídico e votaram em nome de suas famílias e de Deus como o mundo todo assistiu.




Improvável falar em direito liquido e certo a nulificação de atos que sucederam-se dentro dos parâmetros da legalidade.

parâmetros da legalidade? se fosse assim o Eduardo Cunha já teria sido cassado e preso. 



Os indícios para a nulificação dos atos perpetrado na presidência do Deputado Eduardo Cunha, porém são basicamente reportagens jornalísticas correntes, incapazes de demonstrar como o antagonismo político e o interesse da autoridade coatora foram determinantes para a obtenção do sim da Câmara.

As basicamente reportagens jornalísticas que o senhor fala o influenciam sim e aos Ministros do STF também e já influenciaram vocês em muitas outras decisões e porque agora é diferente? 

A obtenção do sim na câmara pode ocorrer de muitas formas como o oferecimento de cargos políticos e nomeações e possivelmente de dinheiro e isto é de domínio público.         


Vou lembrar de novo aqui que a vice-procuradora da República Ela Wiecko que renunciou na noite desta terça-feira (30), após dizer, em entrevista à Veja, que o interino Michel Temer (PMDB) está sendo delatado na Lava Jato e, por isso, ela não vê com bons olhos que o peemedebista assuma a cadeira conquistada por Dilma Rousseff na eleição de 2014. 

Vou lembrar de novo também estes fatos: 

 O Procurador da República Rodrigo Janot havia algumas semanas atrás feito um pedido de prisão dos políticos Eduardo Cunha Romero Jucá , Renam Calheiros e José Sarney o pedido já esta no STF, onde foi analisado por Teori Zavascki que negou o pedido do PGR levando estes senhores a consumarem o Golpe de Estado Parlamentar e lembrando também que para procurador, os peemedebistas tentaram obstruir as investigações da Lava Jato.



A Imprensa, o Congresso e alguns Ministros do Supremo Tribunal Federal juntaram todas as forças que atuaram para derrubar Dilma, segundo Romero Jucá em áudio vazado pela Folha de S. Paulo hoje, Dilma não está sofrendo o processo do impeachment porque não cometeu crime de responsabilidade e o que esta acontecendo na realidade é uma eleição parlamentar ilegal porque o nosso regime é presidencialista e sendo todo processo ilegal o que acontece de fato é um Golpe de Estado porque as Organizações Criminosas e os políticos corruptos de fato querem e se livrar da Lava Jato. 







Eis, porém, que aquele ser incitou de tal modo o coração da maioria dos Nefitas que eles se uniram a esse bando de ladrões, participando de seus convênios e juramentos de que se protegeriam e preservariam mutuamente em quaisquer circunstancias difíceis em que se encontrassem, para não serem castigados por seus assassinatos e suas pilhagens e seus roubos. E aconteceu que tinham seus sinais, sim, seus sinais secretos e suas palavras secretas; e isto para que pudessem reconhecer seu irmão que tivesse entrado no convênio, para que, qualquer que fosse a iniqüidade cometida por ele, não fosse prejudicado pelos irmãos nem por qualquer dos que pertenciam a seu bando e que tivessem feito esse convênio. E assim podiam matar e saquear e roubar e entregar-se a luxúria e a toda sorte de iniqüidades contrarias as leis de seu país e também as leis de seu Deus. Ora, eis que esses “juramentos e convênios secretos não chegaram a Gadiânton por meio dos registros confiados a Helamã: mas eis que foram postos no coração de Gadiânton pelo mesmo ser que induziu nossos primeiros pais a comerem o fruto proibido – Sim, aquele mesmo ser que conspirou com “Caim, dizendo-lhe que, se matasse seu irmão Abel, o mundo não o saberia. E conspirou com Caim e seus seguidores daí em diante. E foi também esse mesmo ser que pôs no coração do povo a idéia de “construir uma torre tão alta que alcançasse o céu. E foi esse mesmo ser que enganou o povo que veio daquela torre para esta terra; que espalhou obras de trevas e abominações por toda a face da terra. Sim o mesmo ser que inculcou no coração de “Gadiânton a continuação de obras tenebrosas e assassinatos secretos; e tem-nas propagado desde o principio do homem até agora. E sei que “andais segundo o orgulho de vosso coração; e poucos há que não exaltam no orgulho de seu coração, a ponto de se vestirem com “trajes finos, entregaram-se a inveja e contendas e malícia e perseguições e a toda sorte de iniqüidades; e vossas igrejas, sim todas elas se tornaram corruptas por causa do orgulho de vosso coração. Pois eis que amasse o dinheiro e vossos bens e vossos trajes finos e o adorno de vossas igrejas mais do que amais os pobres e os necessitados, os doentes e os aflitos. Sim, porque estabeleceis vossas “abominações secretas, com o fito de obter lucro.

(Apoc. 12.1 –9; Né.9:9, 16;D&C 29:36 – 37).


Os mais vis criminosos tornam-se muitas vezes recebedores de atenções, como se houvessem alcançado invejável distinção. Dá –se grande publicidade a seus crimes. A imprensa publica as minúcias revoltantes do vício, iniciando desta maneira outros a pratica da fraude, roubo e assassínio, os tribunais de justiça estão corrompidos; governantes são movidos pelo desejo de ganho e amor aos prazeres sensuais. A intemperança obscureceu a muitos, de modo que o espírito maligno exerce sobre eles quase completo domínio. Os juristas se acham pervertidos, subordinados seduzidos. Embriagues e orgia, desonestidade de toda a sorte, estão representadas entre os que administram as leis. Tal como em épocas passadas, ele esta operando através da igreja a fim de favorecer seus desígnios. 

Trecho do Livro de Ellen White 



Homenagem aos maçons livres que abertamente desafiaram a Ordem Maçônica e como punição o Coronel Golbery reservou o expurgo e um lugar entre os denunciados ao governo ditatorial, E muitos maçons foram perseguidos... e por que os ditadores se opõem a Maçonaria? Hitler e outros ditadores eram obcecados com a Maçonaria porque ela por mais de 200 anos tem estado constantemente do lado da liberdade política e da dignidade do ser humano. Durante o século XVIII, ser um Maçom era equivalente a ser um “campeão da democracia”. e o que esta acontecendo atualmente no Brasil e exatamente o oposto deste ideais porque estão planejando derrubar um governo que foi eleito democraticamente Eles não compreendem mesmo mais seus quadros simbólicos, e não entendem mais nada dos sinais hieroglifos com que são pintados os tapetes de suas lojas. Estes quadros e estes sinais são páginas do livro da ciência absoluta e universal. Podem ser lidas com o auxílio das chaves cabalísticas e não têm nada de oculto para o iniciado que possui as clavículas de Salomão. A maçonaria foi não somente profanada mas serviu mesmo de véu e de pretexto às cabalas da anarquia, pela influência oculta dos vingadores de Jaques de Molay, e dos continuadores da obra cismática do templo. Em lugar de vingar a morte de Hiram, vingaram-se seus assassinos. Os anarquistas retomaram a régua, o esquadro e a malheta e em cima escreveram liberdade, igualdade e fraternidade. Isto é, liberdade para as cobiças, igualdade na baixeza e fraternidade para destruir.


NO QUE SE TRANSFORMOU A TELEVISÃO 


(captar) no sistema nervoso do globo – as correntes telúricas - uma energia capaz, em certa medida, de condicionar o comportamento humano.



É exatamente o que, nos nossos dias, se passa com a televisão, que modela, conforme o arquétipo de cada nação, o comportamento psicológico dos telespectadores.
Eles estão agora forjando este sentimento de violência e anarquia quase todas as noites nos filmes da tv e diariamente nas manchetes dos jornais (é so ver as paginas policiais) Quando a opinião pública for dobrada, quando ficar subjugada por esta ideia, eles espalharam aos quatro ventos grupos armados, mas em verdade bodes expiatórios, massas de pancadaria.Eles planejaram todas estas situações maquiavélicas, face a todas essas manobras de subjugação da humanidade o horror acima descrito aparece e é cotidiano. Só é cego quem não quer ver. E o que se esconde atrás dessa CIA, aquela minoria nefasta, hipnotizadora, terrível, cruel e prepotente? Por outro lado, que os filmes de cinema e das TVs ultimamente só estejam incrementando a violência, é um fato inegável. É por isso também que a violência externa ou do mundo aumenta sem cessar. A escola viva dentro do próprio lar, a TV, o fundamenta. Não há um dia uma noite, uma tarde, que não passe um filme de mortes e assassinatos. Dos jornais e revistas e livros sensacionalistas sobre o crime e os maus tratos então nem se fala. 


Trecho do Livro A Grande Conspiração Universal de Ernesto Bonno   





Os seres humanos são imitados na televisão, mas a imitação é alterada e é quase sempre obsceno e blasfemo. Estão com inveja do mundo natural e as relações que os seres humanos têm com o mundo natural.    


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

A MATRIARCA DO CLÃ VELOSO DONA CANÔ NÃO ERA DESTE MUNDO E SEMPRE APOIOU O EX PRESIDENTE LULA







Em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo", publicada alguns anos atrás, Caetano, ao demonstrar predileção pela pré-candidatura de Marina da Silva (PV) à Presidência da República.

Segundo Rodrigo Veloso, irmão de Caetano, ao saber que a mãe ligaria para o presidente, o cantor e compositor apressou-se em telefonar para a mãe, visando explicar o ocorrido. 

"Eles conversaram demoradamente. Caetano explicou à nossa mãe que não teve a intenção de ofender o presidente, e afirmou que gosta de Lula. O mais importante, e que fique muito claro para o presidente, que nossa família não concorda com as informações que saíram na imprensa e este respeito", disse Rodrigo, com a anuência da mãe. Caetano Veloso ainda não havia conversado com a mãe sobre o assunto.

O fato desagradou a família de Caetano.  Rodrigo Veloso, que era secretário de Cultura da prefeitura de Santo Amaro da Purificação, cidade na região metropolitana de Salvador, já havia feito um pedido de desculpas público, durante um evento na praça central da cidade, com a presença de secretários do governador Jaques Wagner (PT), em nome da família.

"Achei que um pedido de desculpas seria de bom tom. Vou inclusive enviar para Brasília as reportagens que saírem a respeito para endossar as nossas desculpas. Gostamos do presidente", disse Rodrigo. 

Dona Canô ainda não sabe dizer com exatidão o vai falar com o presidente. "Não vou dizer nada em especial, apenas o que vier do coração. Vou me desculpar e dizer que, pelo que conheço de Caetano, sei que ele não quis ofender o presidente. Não é possível que ele chamasse Lula de analfabeto, aliás, ele nem teria o direito de falar assim. Ele é apenas um cantor", afirmou. 

"Tudo o que Caetano diz vira notícia, ele precisa entender isso. Não pode sair por aí falando o que quer, ele não é doido", observou.

"Se você ver alguém fazendo alguma maldade e tiver coragem então faça alguma coisa para impedir."

Dona Canô

domingo, 19 de fevereiro de 2017

REVISTA & CONSPIRAÇÃO : QUEM VAI JULGAR O GOLPE DE ESTADO NO BRASIL? O STF...

REVISTA & CONSPIRAÇÃO : QUEM VAI JULGAR O GOLPE DE ESTADO NO BRASIL? O STF...: Para quem não sabe eu vou explicar aqui como funcionam realmente as coisas aqui no Brasil e no resto do mundo porque é no  ...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

REVISTA & CONSPIRAÇÃO : A PRESIDENTE DO BRASIL DILMA ROUSSEFF FOI VÍTIMA D...

REVISTA & CONSPIRAÇÃO : A PRESIDENTE DO BRASIL DILMA ROUSSEFF FOI VÍTIMA D...: "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma&quot...














Machado - Rapaz, a solução mais fácil era botar o Michel.Jucá - [concordando] Só o Renan que está contra essa porra. 'Porque não gosta do Michel, porque o Michel é Eduardo Cunha'. Gente, esquece o Eduardo Cunha, o Eduardo Cunha está morto, porra.Machado - É um acordo, botar o Michel, num grande acordo nacional.Jucá - Com o Supremo, com tudo.Machado - Com tudo, aí parava tudo.Jucá - É. Delimitava onde está, pronto.



O Senador Romero Jucá articulou politicamente o Golpe de Estado no Brasil e afirmou neste dialogo com um empresário investigado pela Operação Lava Jato que mantinha contatos com Ministros do STF e também com Comandantes Militares e isto é uma vergonha e um absurdo... quem são estes Ministros? Quem são estes comandantes militares? graças a Deus eles disseram também neste dialogo que o Ministro Teori é muito fechado (honesto)Veja a transcrição do áudio no blog

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

O RELÓGIO DO JUÍZO FINAL E O PROGRAMA DE TELEVISÃO MAIS PERIGOSO DA HISTÓRIA ( (ALTERNATIVE 003) (SCIENCE REPORT ANGLIA TELEVISION NORWICH, ENGLAND APRIL 1st 1977)

O Relógio do Apocalipse é um relógio simbólico mantido desde 1947 pelo comitê de diretores do Bulletin of the Atomic Scientists da Universidade de Chicago. O dispositivo utiliza uma analogia onde a raça humana está a "minutos para a meia-noite", onde a meia-noite representa a destruição por uma guerra nuclear.












Em 1957 efetuou-se um congresso que reuniu algumas das melhores cabeças cientificas ainda vivas naquele tempo. Tais [pretensos cientistas] chegaram a conclusão que logo após o ano 2000, o planeta se auto–destruiria devido ao aumento da população e por causa da exploração e poluição do meio ambiente, e isso se daria sem a intervenção dos extraterrestres e muito menos por causa de uma intervenção divina. “

“Por meio de uma ordem executiva secreta,o presidente David Eisenhower teria encomendado aos Jason Scholars [ou sociedade Jason] que estudassem a perspectiva de tais cientistas e elaborassem recomendações em cima das conclusões desses pretensos homens da ciência. Os Jason Scholars também elaboraram três saídas ou condutas a serem postas em prática, as chamadas Alternativas 1,2 e 3. c)

 “Alternativa 2” consistia em construir uma vasta rede de cidades subterrâneas ligadas por túneis, onde uma representação selecionada de cada cultura, com suas ocupações mais refinadas sobreviveria. Estas representações dariam continuidade ao gênero humano.


 “Alternativa 3” pretendeu explorar a tecnologia dos extraterrestres hóspedes recentes dos Estados Unidos. Uns poucos homens bem escolhidos deixariam a Terra e estabeleceriam colônias no espaço exterior.


e) Todas as três alternativas, naturalmente incluíam o controle da natalidade, a esterilização de mulheres e homens, e a introdução de germes mortais; tudo isso para controlar o crescimento populacional da Terra, ou ao menos torna-lo mais lento.  



Em 20 de junho de 1977 ,a rede de televisão inglesa Anglia transmitiu um documentário denominado ALTERNATIVA 3. O programa apresentado como parte de uma série regular chamada Science Report [Relatório Cientifico], começou anunciando que sua intenção original seria transmitir um show diferente mas algo saiu errado. A finalidade inicial era realizar um documentário sobre o fato de que grandes cientistas britânicos estariam deixando o país ,atendendo a propostas para ganhar melhores salários e condições de trabalho.Porém ,ao longo das investigações para o show,a equipe da emissora teria descoberto que muitos cientistas não estavam deixando o país ,mas sim desaparecendo da face da Terra. Esses supostos desaparecimentos levaram os repórteres a investigar cada vez mais, até descobrir uma vasta e global conspiração que envolveria a alta cúpula dos governos dos Estados Unidos e da ex Urss. Aparentemente, a partir de 1950 , os cientistas das duas potências teriam chegado a conclusão de que a Terra devido as ações humanas , estaria a caminho de uma inevitável catástrofe envolvendo o clima e o meio ambiente .isso resultaria na extinção certa de quase todas as formas de vida conhecidas , inclusive a própria humanidade .Assim os dois governos ,em conjunto .teriam somente três opções ou alternativas para planejar e colocar em pratica : Alternativa 1 –Reduzir drasticamente a população do planeta Terra a níveis considerados seguros .Alternativa 2- Construir imensas bases subterrâneas para abrigar o governo , militares e cientistas até que as crises estivessem estabilizadas .Alternativa 3 – Estabelecer uma colônia humana com as melhores e mais brilhantes representantes da raça ,de preferência na Lua ou no planeta Marte. 

A Suposta realidade inevitável crise teria incitado os governos dos dois países a colaborarem para em conjunto ,transformar Alternativa 3 em realidade .Com entrevistas de supostos astronautas e cientistas ,o documentário da Anglia exibia evidencias de que EUA e URSS trabalhando com uma equipe, teriam chegado a Marte em 1961 e que o programa espacial APOLLO tinha sido somente um chamariz publicitário para esconder o verdadeiro propósito dos numerosos lançamentos de foguetes pela Nasa .



d) “Alternativa 3” pretendeu explorar a tecnologia dos extraterrestres hóspedes recentes dos Estados Unidos. Uns poucos homens bem escolhidos deixariam a Terra e estabeleceriam colônias no espaço exterior.


e) Todas as três alternativas, naturalmente incluíam o controle da natalidade, a esterilização de mulheres e homens, e a introdução de germes mortais; tudo isso para controlar o crescimento populacional da Terra, ou ao menos torna-lo mais lento.  

ALTERNATIVA 3 É O PROGRAMA DE TV MAIS PERIGOSO QUE JÁ EXISTIU?

PAULO COELHO MOSTRA SEU ABRIGO SUBTERRÂNEO EM GENEBRA 















Em junho de 1977 no Reino Unido foi abalado pelo programa de televisão ao ar tão controverso que foi ao ar uma vez, e apenas uma vez antes de ser proibido e de nunca ser mostrado novamente no Reino Unido. O show foi, então, mostrado na Austrália, onde na recepção foi solicitada uma segunda lei que passou a proibir a sua exibição novamente. Finalmente, o programa foi escolhido pela NBC nos Estados Unidos, e rejeitaram por "Normas e Práticas", o departamento que é responsável pela moral, implicações legais e éticas dos shows transmitidos. Na época de Normas e Práticas rejeitado Alternativa 3 na base que o show era muito perigoso para ser exibido na televisão da rede mainline e, ainda, que teria representado um grande risco para a rede. Desde que ponto o programa tem vivido na infâmia e tem sido a fonte de um grande debate fervoroso sobre a sua legitimidade e as ramificações do próprio programa. O programa é chamado Science Relatório: Alternativa 3, é o programa de televisão mais perigoso do mundo.


AS MORTES ESTRANHAS DE 10 CIENTISTAS BRITÂNICOS










“O mistério começou em 05/08/1986, quando Vimal Dajibhai, de 24 anos, foi encontrado morto debaixo da ponte Clifton, numa entrância, perto de Bristol, sudoeste da Inglaterra. Pensou-se em suicídio, mas a perícia judicial antes do júri nada pode concluir a respeito da causa da morte... Dajibhai era um engenheiro subalterno e estava levando a cabo investigações sobre sistemas de orientação automática dos torpedos, para a sociedade Marconi Underwater Systems, situada perto de Londres. Ninguém conseguiu determinar o que Vimal estava fazendo em Bristol, que dista 105 milhas de Londres. Três meses após a morte de Dajibhai, Ashnad Sharif, um analista de sistemas de informática e que trabalhava sobre um projeto de defesa para outra unidade da sociedade Marconi, morreu num parque perto de Bristol. Em janeiro de 1987, o desenhista em informática Richard Pugh foi encontrado morto em sua casa ao leste de Londres. As circunstancias da morte nunca foram explicadas. Nesse mesmo mês, John Brittam, um bom entendido em informática e que trabalhava para a Fundação Real de Pesquisa e Desenvolvimento de Armamentos, com a idade de 52 anos, foi encontrado morto em sua garagem com o motor de seus carro ligado, Brittam tinha trabalhado anteriormente para Escola Real de Ciência.

Um mês mais tarde. Peter Peapell, mestre conferidor de metalurgia da Escola Superior, foi encontrado morto sob seu automóvel, com o motor ligado. Em março de 1987, David Sands, um perito em informática bateu seu carro contra um restaurante vazio. O choque o queimou vivo. Sands tinha 37 anos e trabalhava para a Easama, uma companhia associada a Sociedade Marconi. Haviam lhe oferecido um contrato para lidar com defesa aérea. Em abril de 1987, dois cientistas suplementares foram encontrados mortos. Um era Marc Wisner, de 25 anos, especialista em informática numa base de ensaios de armamentos da Royal Air Force. O outro era um cientista da sociedade Marconi, Victor Moore, de 46 anos. Wisner trabalhava num esquema lógico informático para ser usado no avião de combate Tornado e ele já tinha labutado num projeto de visualização noturna para o exército britânico.

As mortes misteriosas pararam até 2 de fevereiro de 1988, quando a polícia voltou a descobrir o cadáver de Russel Smith, um cientista assistente, de 23 anos que tinha caído de uma falésia. Smith trabalhava para United KIngdom Atomic Energy Autority, em Hawell. Ninguém soube explicar porque Smith se encontrava em Land’s End, a 150 milhas de Harwell. 


Por fim, em 25/03/1988, outro empregado da sociedade Marconi, Trevor Knigt, com a idade de 52 anos, foi encontrado morto em Harpender, a 25 milhasnordeste de Londres, em seu próprio automóvel, cujo interior estava saturado de gás do cano de descarga. [Dois ilustres investigadores em ufologia, famosos e respeitados, M.J, Jessup, professor e astrônomo, e James Mc Donald, físico, professor e estudioso também foram vergonhosamente assassinados do mesmo modo; depois dos meios de comunicação espalharem que haviam se suicidado.] Trevor Knigt era um engenheiro da informática e trabalhava em pesquisas de mísseis teleguiados, na rede social da sociedade Marconi.” 

“O Dallas Times Herald, segunda feira, 10 de outubro de 1988, escreve: “O Pentágono solicita que reexaminemos os falecimentos dos cientistas Britânicos”
“Suicídios e falecimentos inexplicáveis acabaram com a vida de 22 peritos do sistema de defesa, e isso desde 1983.” 


“Londres- Os Estados Unidos querem que a Inglaterra permita aos especialistas do Pentágono reexaminar os casos de cerca de 22 funcionários britânicos de defesa, que morreram misteriosamente.
“Citando uma fonte americana não–identificada, o Sunday Time disse que certos funcionários que faleceram estavam implicados nos projetos britânicos ligados a Guerra nas Estrelas, sistema de defesa do espaço baseado em armas especiais.

Sete trabalhavam num empreendimento audacioso da Guerra nas Estrela, na sociedade Marconi, filial da General Eletric Britânica PLC, a qual também havia aberto inquérito interno a respeito do acontecido. A companhia inglesa não tem relações com a General Eletric americana.
As mortes começaram em março de 1982, Keith Bowden, de 45 anos, um perito em ordenadores e superordenadores que controlam aviões, morreu quando seu carro capotou numa autopista de duas mãos e se espatifou num declive. Depois desse acontecimento, 15 outros engenheiros em eletrônica, cientistas e peritos em comunicações e outros funcionários da industria da defesa morreram ou desapareceram misteriosamente.
Como vimos, tudo vale para alcançar determinados fins, ou seja, desembaraçar-se de indivíduos que, quem sabe, poderiam prejudicar a “Grande Conspiração”
C

COMENTÁRIO DO BLOG SOBRE O ASSASSINATO DE JESSUP
LEIAM O QUE ELE ESCREVEU


E segundo uma das revelações a ele atribuídas nas anotações às margens do livro de Jessup - precisamente no capítulo dedicado ao Triângulo das Bermudas, e talvez a mais espantosa de todas - Existiriam ali CIDADES SUBMARINAS E BASES edificadas por dois grupos de criaturas extraterrestres, de raças distintas, cujos codinomes nos meios militares e de segurança seriam: LM e SM - sendo que os SM seriam hostis e se constituiriam perigosos inimigos da espécie humana!!! E muito obviamente se as autoridades queriam a todo custo "caçar" o misterioso Sr. Allende é a prova de que ele decididamente não estava brincando e que, de fato, sabia demais - muito mais do que deveria! Morris Jessup escrevera que "Uma fonte confiável de força motriz é a chave que falta para o desenvolvimento da humanidade. E até que a humanidade decubra alguma coisa mais confiável, a força bruta dos foguetes estará presa à Terra assim como uma criança atada à saia da mãe. E essa força que falta é a utilização do campo gravitacional universal - A mesma empregada pelos UFOs"! Jessup também afirmava que o nosso planeta já havia recebido a visita de alienígenas nos tempos pré-históricos e até testemunhado a aplicação desse tipo de energia no remoto passado. O motivo, porém, da convocação de Jessup a um órgão de segurança militar foi exatamente o fato de que um dos seus livros anteriores (The Case for The Ufo) chegara repentina e anonimamente pelo correio, endereçado a uma alta patente da Marinha. Este livro estava repleto de anotações feitas nas margens de cada página, complementando com incrível precisão científica e técnica os parágrafos de Jessup e revelando não só todos os detalhes secretos e os desastrosos efeitos do Experimento Filadélfia, como também contendo fantásticas descrições sobre a tecnologia dos OVNIS....

Há um outro corolário fascinante a história Alternativa 3. 


No momento, após a transmissão inicial dos indivíduos envolvidos participaram na escrita de um livro de mesmo nome, um livro que hoje é muito raro que busca para cima de US $ 100 por cópia de um livro bom estado. Para escrever o livro a equipe encontrou Leslie Watkins, um escritor experiente, que veio rapidamente e produziu um livro que pretendia expandir as três alternativas com mais detalhes. Nos anos após o livro foi lançado Leslie Watkins afirma que ele inadvertidamente tropeçou na verdade e aponta para um livro que ele estava no processo de escrita chamado "Backlash a Alternativa 3", em que ele estava indo para ir em mais detalhes sobre o assunto, quando todos os seus materiais de origem e as provas coletadas foram perdidos durante a passagem de Inglaterra para a Austrália. 

DOCUMENTÁRIO ALTERNATIVA 3 


Desde a década de 1950 os astrônomos rastrearam o movimento de luzes em toda a superfície da Lua, estes avistamentos são catalogados, monitorado e na maior parte estão disponíveis de forma pública, simplesmente procurando TLP ou "transitórios Fenômenos Lunares".Estes movimentos aparentemente anômalos foram atribuídos a "saída de gás," greves de meteoritos e as condições atmosféricas que impedem a observação favorável, mas não houve nenhuma causa definitiva e as aparições continuam existindo. Seu também muito interessante que as observações mais modernos começou na década de 1950, que é ao mesmo tempo, como uma onda de interesse lavado sobre os Estados Unidos eo mundo sobre OVNIs. Isso levou alguns pesquisadores, e John Lear falou sobre isso em comprimento, a acreditar estes incidentes TLP representam operações de mineração na lua. A maioria mineração de titânio provavelmente, o hélio 3 ou ferro tudo o que poderia ser usado para criar eo poder de uma instalação do outro lado da lua.

Vimos também uma grande quantidade de detritos que foi descoberto na Lua, em parte graças a uma pesquisa pioneira por Richard C. Hoagland e Mike Bara. Eles descobriram objectos, tais como "O Shard" - uma estrutura de 3 milhas de altura elevando-se sobre a lua, a cidade que parece ser uma paisagem geometricamente planejado arruinada entre outras coisas. Estas descobertas parecem indicar uma habitação antes da lua, mas também pode ser aproveitado para construir uma nova fábrica lá e, mais importante, com o curso de alimentação de hélio 3 um ponto pisar em Marte. O destino final.

Então agora é preciso olhar para Marte, o planeta vermelho da legenda. Um planeta misterioso que parece ser o destino final do projeto Alternativa 3. A evidência de estruturas em Marte é numerosa e agradece novamente a pesquisa de Hoagland uma linha muito bem documentado de pesquisa. Mas muito do que ele descobriu através dos anos parece ser ruínas de um antigo assentamento ou melhor assentamentos. O que precisamos é evidência de construções recentes e atividade. E para isso temos de olhar mais longe, em seguida, "O Mecanismo de" como eu lhe chamo. Uma estrutura que não apresenta desgaste ou danos, e uma estrutura que é suave e completamente fora do lugar. É minha opinião que esta instalação é parte de um acordo mais moderno, e eu também argumentam que se a linha de Hoagland da pesquisa é preciso existe a possibilidade de elementos (como túneis, estruturas, etc.) Ele também teorizou que a lua de Marte Phobos é realmente oco e serve como uma espécie de estação espacial pendurado acima de Marte, que também faria sentido.Mas, como com muitas coisas na Alternativa 3 estamos lidando com camuflagem, bem como subversão tão plenamente suss esta teoria mais pesquisa deve ser feito e Richard Hoagland, bem como Mike Bara estão fazendo exatamente isso.

Então, nós estabelecemos, acredito, um bom caso para o artesanato, bem como a base lunar potencialmente necessários para um programa a longo prazo a migração, bem como atividade moderna em Marte. Mas agora temos de abordar uma outra faceta do cenário 3 Alternativa, o povo.

Tal como descrito no Alternativa 3 existe uma necessidade óbvia para os técnicos especializados, cientistas como também trabalhadores. Livros inteiros podem ser escritos sobre cientistas desaparecidos de todas as capacidades, biólogos, geneticistas, físicos ea lista continua. Há também uma contagem de corpos impressionante relacionado a este bem, e, possivelmente causada pela noção de execução de pessoas que foram lidos no projeto, mas não conseguiu fazer a viagem.Esta seria uma ferramenta viável para encobrir tal programa, e mais importante nos ajudar a traçar as empresas envolvidas no projeto. Um caso ilustrativo é o grande número de mortes associadas a Marconi foram entre 1980 e 1992, 25 altos cientistas treinados foram assassinados ou cometeram suicídio muitos dos quais estavam trabalhando na iniciativa SDI. Portanto, há uma contagem de corpos, mas mais importante um cluster em torno da Corporação Marconi. Isto poderia ser um indicativo da participação de Marconi no projeto. 
Outro elemento é o conceito de remessas de lote ou, basicamente, as pessoas transportadas para estas instalações worldy outros para uso como trabalhadores escravos. Ao olhar para este tecido conjuntivo precisamos apenas olhar para o número de desaparecimentos nos Estados Unidos apenas como uma fonte para obtenção fácil do trabalho. Por exemplo a cada ano quase 800.000 crianças desaparecem, agora esse número pode ser dividido com várias centenas de milhar de ser seqüestrado por membros da família ou violência aleatória, mas o que foi dito ainda estamos procurando conservadora menos 500.000 crianças por ano em falta.Isso é apenas crianças, não incluindo adultos e que é somente os Estados Unidos. Se olharmos para o mundo menos desenvolvido, aldeias inteiras podiam ser arrancadas sem aviso perceptível. E lá se encontra a fonte de seu trabalho braçal, pessoas como você e eu peguei na rua e transportado para outro lugar ou planeta que seja.


Há também um outro dado interessante para explorar. No livro "Milabs", publicado há muitos anos pelo Dr. Helmut Lemmar ele esboçou raptos de chumbo militares que simulou o cenário de abdução alienígena. Aquele casal com a investigação sobre a natureza do seqüestro mostram que com o uso de ondas magnéticas, um indivíduo pode ser induzido a acreditar que ele ou ela tenha sido seqüestrada. Mesmo autor notável Whitley Strieber discutiu uma experiência de abdução foram os seres humanos estavam a ajudar os estrangeiros durante seu seqüestro. Agora que não quer dizer que a abdução alienígena não é real. Do silêncio ao contrário, creio que para mim um fenômeno verdadeiro e real, mas ao mesmo tempo que mostra que elementos da inteligência e que os militares são capazes de "sequestrar" as pessoas sem motivo conhecido. Minha única entrada para sugerir algum subconjunto desses seqüestros foram feitos com Alternativa 3 em mente. Mesmo que apenas 1% das abduções são os militares que nos deixa todos coçando a cabeça sobre o motivo, a menos que naturalmente você fator na Alternativa 3. Com o advento da Alternativa 3 como um princípio orientador Acho que podemos trazer um grande elemento de clareza sobre o assunto, e se preparar para o futuro.